ORQUIDÁRIO VALE DA PRATA

EMPORIUM ORCHID

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

ONCIDIUM LANCEANUM - ATUALMENTE - TRICHOCENTRUM LANCEANUM OU LOPHIARIS LANCEANA


Essa ORQUÍDEA linda é dos meus amigos de Marechal Floriano ES.
Oncidium Lanceanum Lindl. É epífita, nativa das Índias Ocidentais, Venezuela, Peru, Guianas e Amazónia Brasileira, é com certeza, uma das mais belas oncidineas Brasileiras. É encontrada em elevações baixas (300 a 800m), Apresenta Pseudobulbos estreitos e pequenos, com folhas grandes, largas e lanceoladas, couraçadas carnosas, tom verde claro, pintalgadas de manchas púrpuras. Da base da folha, nos fins do inverno e toda a primavera, sai a inflorescência erecta medindo em torno de 40 cm, com cachos intercalados portando de 2 a 5 ou mais flores vistosas, com 5 cm de diâmetro cada uma; pétalas e sépalas amarelo-creme densamente pintalgadas de manchas marrom-escuras; (vejam a foto). O labelo Trilobado predominando a cor rosa-púrpura, apresenta formato riniforme. As asas da coluna são oblongas e coloridas de púrpura intensa. Exala suave perfume adocicado praticamente durante todo o dia, cessando à noite. As regas devem ser normais, evitando-se molhar excessivamente suas folhas que podem ser atacadas por fungos e/ou bactérias, na mesma fragilidade das folhas de phalaenopsis em ambientes abafados e sob pouca ventilação; previne-se eventuais infestações com borrifamento de calda bordalesa em suas folhas, borrifar solução de extracto de própolis - 30 gotas p/1 litro de água ( nos casos em que a doença estiver adiantada, pincelar o local infectado com solução de extracto de própolis mais concentrado).
Essa planta deve ser cultivada sob boa luminosidade indirecta ou telado de sombreamento de 50%, em lascas de madeira rugosa ou vasos de cerâmica ventilados com furos laterais com substrato misto (casca de peroba picadinhas ou pinos ou qualquer madeira rugosa sem tanino. Pela origem de seu habitat, tropical equatoriano aprecia clima quente e úmido e local bem ventilado.